Telemedicina: como adaptar seu consultório para essa modalidade?

Telemedicina: como adaptar seu consultório para essa modalidade?

Facebook
Twitter
LinkedIn

Há um ano, a chegada do coronavírus trouxe uma série de questões e necessidades à tona. Em todo o mundo, mudanças e adaptações precisaram ser feitas em caráter de urgência. O objetivo foi suprir as necessidades que o atual momento exige. Na medicina, por exemplo, uma das medidas adotadas foi a permissão, em caráter provisório, do telemedicina.

Como saída para tentar manter os atendimentos com mais segurança para médicos e pacientes, o governo brasileiro sancionou a Lei nº 13.989/20. Dessa forma, fica permitido o teleatendimento, pelo menos enquanto durar a crise provocada pela pandemia.

A regulamentação e o investimento na telemedicina, foram adotados como principal aliada nas estratégias de combate e prevenção à Covid-19. Assim, a pandemia acelerou um processo que estava em curso, mas andava a passos lentos.

Veja a seguir algumas informações importantes. Ao final, saiba como implementar a telemedicina em sua clínica ou consultório.

Principais benefícios da Teleconsulta?

A telemedicina é, atualmente, uma realidade crescente. Veja alguns benefícios:

  • Aumento na acessibilidade à saúde;
  • Atendimento mais rápido e melhor a quem vive em lugar remoto ou que não pode se locomover;
  • Qualidade no atendimento, sem prejuízo por causa da distância;
  • Segurança de dados ao usar a teleconsulta é mantida;
  • Redução de custos para médicos e pacientes;
  • Centralização dos dados num único prontuário em nuvem;
  • A Plataforma de telemedicina oferece ainda o telediagnóstico;
  • O médico pode usar a Prescrição digital para enviar ao paciente.

Então, no contexto da pandemia, o teleatendimento ajuda não somente a proteger as pessoas dos grupos de risco, como contribui para desafogar o sistema de saúde.

Além disso, as consultas online ampliam a oferta de especialistas a regiões em áreas remotas, onde é grande a carência de profissionais.

Como implementar a telemedicina?

As consultas remotas muitas vezes são de primeiro atendimento. Mas também podem ser de acompanhamento, urgência ou supervisão (troca de informação entre profissionais). Os profissionais podem atender desde cuidados primários e enfermagem até diferentes especialidades médicas.

Para implementar a telemedicina no seu consultório é importante planejamento.

Veja a seguir alguns pontos importantes para esse processo.

Avalie o mercado

O estudo do segmento deve ser o primeiro passo antes de fazer a implementação do sistema de telemedicina. Avalie as capacidades dos profissionais e as necessidades da comunidade e verifique quais tipos de serviços mais urgentes ou com mais demanda.

Realize uma autoavaliação

Olha para dentro também é importante. Por isso, avalie a capacidade para oferecer os serviços demandados e identificados na sua análise do mercado.

Alinhe os objetivos com a missão da organização

Alinhar as expectativas vai ajudar no desenvolvimento do programa de telemedicina estratégico para a organização alcançar os objetivos globais.

Treine os funcionários

Esse é um dos itens chave para o sucesso do teleatendimento. Não é porque a telemedicina não seja difícil de implementar e executar que elimina a necessidade de treinamento.

É importante se acostumar com o ambiente digital, com os componentes de áudio e vídeo para que os atendimentos ocorram da melhor forma possível.

Faça uma integração com outros sistemas de telemedicina

É sempre muito válido integrar sistemas para garantir um processo automatizado e eficiente. Você pode apostar, por exemplo, em um software de registro médicos ou de gerenciamento para garantir mais eficiência e melhor compreensão dos dados.

Telemedicina é uma realidade que veio para ficar?

A telemedicina, por enquanto, ainda é exercida de forma provisória, uma exceção aberta por conta da covid-19.

Mesmo com as vantagens já constatadas, ainda não existe uma regulamentação específica para atendimento remoto no pós pandemia. Aqui no Brasil só é permitida a troca de informação de casos clínicos entre profissionais da saúde.

Contudo, a popularização da telemedicina e os claros benefícios geraram uma repercussão. Ao que tudo indica, já existe um debate sobre a permanência ou não desta forma de atendimento.

Então, o seu consultório está preparado? 

Crescer Negócios Com Análise De Mercado - HT Contábil Inteligência Digital

Ficou alguma dúvida?

Nossos contadores podem te ajudar!

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Outros artigos que podem te interessar

Inscricao Newsletter - HT Contábil Inteligência Digital

NEWSLETTER

Um espaço de empreendedores e network. Toda segunda com exclusividade em seu e-mail. Participe também!

    “A única maneira de fazer um excelente
    trabalho, é amar o que você faz”

    - Steve Jobs