ponto de equilíbrio financeiroSaber o momento em que as atividades desenvolvidas estão gerando receitas suficientes para igualar os custos e as despesas é primordial. Em posse desses resultados é possível traçar estratégias que garantam a saúde financeira do seu empreendimento e o ponto de equilíbrio financeiro é uma delas.

Esse indicador é fundamental para os gestores identificarem quando as vendas geram receitas suficientes para cobrir as despesas, alocando ou retirando valores que não interferem nas entradas e saídas de caixa. Neste post, você encontrará tudo o que precisa saber sobre ponto de equilíbrio financeiro. Continue a leitura!

O que é ponto de equilíbrio financeiro?

Do inglês Break Even Point, o ponto de equilíbrio financeiro (PEF) determina o faturamento mínimo que o empreendimento precisa para cobrir suas despesas. No entanto, vale lembrar que isso ainda não significa lucro: é apenas o empate das operações. O lucro só ocorre a partir desse momento. Um índice menor que o indicado pelo ponto de equilíbrio financeiro significa que a empresa está operando em prejuízo.

O indicador também é conhecido como ponto de equilíbrio de caixa, que não considera os valores de amortização e depreciação, pois essas métricas reduzem o lucro, contudo, não interferem efetivamente no caixa.

É importante que os empreendedores não subestimem esses resultados, pois eles são determinantes para a continuidade segura das atividades empresariais, outro viés válido é a necessidade do plano de negócios, uma vez que nele são elencados esses e outros índices que estruturam a viabilidade do negócio.

Como calcular o ponto de equilíbrio financeiro?

Para realizar o cálculo do PEF é fundamental saber alguns fatores como:

  • custos fixos;
  • depreciação;
  • amortização;
  • preço de venda;
  • custos variáveis.

Suponha que determinada empresa tem custos fixos de R$2.000,00, depreciação de R$100,00 e amortização R$ 700,00. Considere que seu preço de venda do item X é R$15,00 e seu custo variável é de R$5,00. Para calcular o ponto de equilíbrio financeiro, utiliza-se a seguinte fórmula:

PEF= (custos fixos (-) depreciação (+) amortização) / (preço de venda (-) custos variáveis)

PEF= (2.000,00 (-) 100,00 (+) 700,00) / (15,00 (-) 5,00)

PEF = 2.600,00/10,00= 260

Considerando o resultado, a fórmula demonstra que o ponto de equilíbrio financeiro será atingido quando a empresa vender 260 unidades.

No entanto, o PEF não deve ser analisado individualmente, é importante que o empreendedor entenda também o ponto de equilíbrio contábil. O PEC utiliza os custos e despesas fixas dividindo o resultado pela margem de contribuição, e isso significa que se o resultado for menor que o índice do PEC, o seu lucro operacional fica comprometido.

Além desses indicadores, ainda temos o PEE, que é o ponto de equilíbrio econômico. Esse considera o lucro mínimo que o gestor gostaria de ter. Isto é, ele só é alcançado quando as receitas pagam todos os custos e despesas e ainda resultam no lucro que o empreendedor indexou.

Esses e outros fatores são essenciais para qualquer empreendimento. Agora que você sabe um pouco mais sobre ponto de equilíbrio financeiro, dê sua opinião sobre o assunto deixando um comentário!