Gestão Financeira para Médicos – 3 dicas para acertar

Gestão Financeira para Médicos – 3 dicas para acertar

Facebook
Twitter
LinkedIn

A gestão financeira para médicos, de uma forma geral, pode ser algo extremamente complexo para o empreendedor, especialmente aqueles que não têm experiência no assunto.

A boa notícia é que isso não precisa ser um problema. Os gestores nem sempre saberão como executar cada aspecto dos seus negócios, ainda que precisem conhecê-los. 

É daí que vem a oportunidade de terceirizar certos aspectos do negócio, realizar novas contratações e garantir a fluidez nas operações.

3 dicas de Gestão Financeira para Médicos

O médico empreendedor precisa entender como a sua clínica médica funciona para garantir que ela funcione como esperado e gere lucros. Entretanto, essa não é uma tarefa fácil, pois há uma série de responsabilidades legais, profissionais e financeiras, que devem ser consideradas a todo momento.

Com isso, manter a saúde financeira de um negócio se torna uma missão muito mais difícil do que aparenta, mas não é preciso cuidar disso por conta própria.

1 – Conte com o apoio de um contador especializado em clínicas médicas

A melhor maneira de começar nossas dicas de Gestão Financeira para Médicos é falando da importância da contabilidade.

Ter o apoio de uma contabilidade para médicos faz a diferença em qualquer negócio desse segmento. Como já explicamos, é extremamente fácil se perder em meio à gestão do empreendimento. 

A rotina operacional tende a ser bastante complexa e, em meio a tantos processos, manter as finanças sob controle se mostra um grande desafio. Ter um contador cuidando da parte financeira, fiscal e contábil do negócio alivia a carga operacional que cairia sobre o seu departamento financeiro.

Além disso, ter o apoio de uma contabilidade para médicos facilita a tomada de decisões, já que o contador atua como um parceiro do negócio, enviando relatórios e colaborando com a previsibilidade financeira da clínica médica.

2 – Não é essencial? Terceirize!

Aproveitando alguns ganchos deixados acima, a terceirização é sempre uma boa saída. Se uma operação não é essencial e não demanda cuidados internos, pode ser terceirizada.

Isso vale tanto para a sua contabilidade quanto para outros aspectos importantes da clínica médica, como a equipe de limpeza, o departamento financeiro, os recursos humanos, departamento pessoal, entre outros.

O segredo para terceirizar com segurança é confiar as operações a uma empresa de renome, com larga experiência e que entende o seu modelo de negócios. Afinal, você precisa de colaboração, não de mais dores de cabeça.

3 – Confie na tecnologia para acertar na Gestão Financeira para Médicos

A Gestão Financeira para Médicos também depende de escolhas assertivas no que tange à tecnologia. Por isso, você deve analisar a situação atual dos sistemas no seu negócio e decidir onde investir em melhorias, a começar pelo departamento financeiro.

De uma forma geral, a gestão financeira de negócios de diversos portes e segmentos costuma ser prejudicada por sistemas de controle arcaicos, como planilhas e até papel.

Por isso, confie na tecnologia. Garanta que seus sistemas de controle financeiro estejam devidamente atualizados, que há um CRM para reunir informações importantes dos pacientes e auxiliar a equipe de atendimento e de cobrança, entre outros.

Crescer Negócios Com Análise De Mercado - HT Contábil Inteligência Digital

Ficou alguma dúvida?

Nossos contadores podem te ajudar!

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Outros artigos que podem te interessar

Inscricao Newsletter - HT Contábil Inteligência Digital

NEWSLETTER

Um espaço de empreendedores e network. Toda segunda com exclusividade em seu e-mail. Participe também!