Como acabar com a rotatividade nas clínicas médicas?

Como acabar com a rotatividade nas clínicas médicas?

Facebook
Twitter
LinkedIn

A rotatividade nas clínicas médicas pode se tornar um problema sério, levando à falta de médicos disponíveis e à perda de oportunidades financeiras, já que o atendimento é comprometido.

Uma empresa que nunca passou por problemas com rotatividade de pessoal pode se considerar com sorte. Porém, não é porque isso nunca aconteceu, que não irá acontecer no futuro.

Daí a importância de entender o que causa a rotatividade de pessoal e como acabar com ela. Hoje vamos explorar um pouco deste assunto e entender o que motiva as pessoas a deixarem seus empregos.

O que é a rotatividade nas clínicas médicas?

A rotatividade nas clínicas médicas se dá quando o negócio começa a perder funcionários. Porém, é preciso saber o que leva a isso e se os níveis de rotatividade de profissionais estão dentro do aceitável.

Primeiro, não há uma média de quantos médicos irão deixar a sua clínica sem que isso represente um problema. A ideia é compreender se isso está acontecendo com frequência e se já faz algum tempo, se os motivos são sempre os mesmos etc.

Médicos tendem a querer abrir seus próprios consultórios e clínicas em um determinado momento de suas carreiras. Isso pode acontecer a qualquer momento e vários fatores podem levar a essa decisão. De certa forma, é algo muito individual e que não depende, necessariamente, da gestão da sua clínica médica.

Porém, nem sempre é assim. Alguns médicos podem simplesmente decidir abrir um consultório porque o ambiente de trabalho da sua clínica médica não é agradável, o que os torna insatisfeitos.

Como identificar as causas da rotatividade na clínica médica?

O primeiro passo fundamental é ouvir. Você precisa saber como os médicos que trabalham na sua clínica se sentem com relação ao trabalho, ao ambiente, aos colegas, aos pacientes e ao fluxo de processos do negócio.

Tudo bem, pode ser mais fácil dizer do que colocar tudo isso em prática. Mas, comece da forma mais simples possível: conversando individualmente com cada profissional e perguntando sobre o que eles consideram bom e o que acreditam que poderia melhorar.

Conforme você vai recebendo opiniões, pode identificar padrões, que por sua vez, podem indicar pontos de melhoria para a clínica médica.

Ao cruzar essas informações com os motivos que os médicos que saíram da sua clínica já te disseram, você terá uma base bastante confiável com sugestões e críticas sobre o estado atual da sua clínica.

O que fazer para acabar com a rotatividade de pessoal?

Entenda que a rotatividade de pessoal nas clínicas médicas, ou em qualquer outra empresa, não pode ser amenizada com medidas “de meio-termo”. Sim, você pode conferir um bônus financeiro aqui, um prêmio ali, mas se os fatores que causam a desmotivação não forem eliminados, tudo isso será apenas temporário.

Portanto, identifique as causas da desmotivação, entenda o que está fazendo os médicos a deixarem a sua clínica e trabalhe para combater esses fatores. Somente assim as melhorias irão aparecer e poderão ser valorizadas pelos colaboradores.

Crescer Negócios Com Análise De Mercado - HT Contábil Inteligência Digital

Ficou alguma dúvida?

Nossos contadores podem te ajudar!

Crescer Negócios Com Análise De Mercado - HT Contábil Inteligência Digital

Ficou alguma dúvida?

Nossos contadores podem te ajudar!

Gostou? Compartilhe!

Facebook
Twitter
LinkedIn

Outros artigos que podem te interessar

Inscricao Newsletter - HT Contábil Inteligência Digital

NEWSLETTER

Um espaço de empreendedores e network. Toda segunda com exclusividade em seu e-mail. Participe também!